Posts Tagged ‘nematoides’

Alerta vermelho nos canaviais ga√ļchos

quarta-feira, abril 19th, 2017

nematoides_galha_sementes_pirai_adubar

Os nematoides j√° s√£o considerados “velhos conhecidos” das lavouras brasileiras, em especial soja e cana-de-a√ß√ļcar. Por√©m, o alerta vermelho emitido no Rio Grande do Sul chama a aten√ß√£o para um tipo espec√≠fico de nematoide, o Meloidogyne ethiopica, sendo esse o primeiro relato mundial a ser constatado em ra√≠zes da cana-de-a√ß√ļcar. (mais…)

Dia de campo mostrará alternativas de consórcios para segunda safra

segunda-feira, abril 17th, 2017

___________________________________________________________________

Obs: O texto de hoje √© uma reprodu√ß√£o integral do excerto de Gabriel Faria, da Embrapa Agrossilvipastoril.¬†Agradecemos e creditamos ao Gabriel todo o conte√ļdo textual postado abaixo.

Gabriel Faria (mtb 15.624/MG JP)
Embrapa Agrossilvipastoril
agrossilvipastoril.imprensa@embrapa.br
Telefone: (66) 3211-4227

____________________________________________________________________

Crédito da Imagem: Site - Embrapa.

Crédito da Imagem: Site РEmbrapa.

Capim com guandu an√£o, capim com crotal√°ria, girassol com capim, capim com nabo forrageiro e niger. Esses s√£o alguns dos cons√≥rcios poss√≠veis de serem utilizados na segunda safra em Mato Grosso e que ser√£o apresentados aos participantes do 7¬ļ Dia de Campo sobre Sistemas Integrados de Produ√ß√£o Agropecu√°ria. O evento est√° com inscri√ß√Ķes abertas e ser√° realizado no pr√≥ximo dia 28, na Embrapa Agrossilvipastoril, em Sinop (MT). (mais…)

Adubação Verde x nematoides na cultura do quiabo

sexta-feira, abril 7th, 2017
Adubação Verde é opção eficiente de controle de nematoides de galha nos quiabeiros, aponta pesquisa paulista - Imagem: Divulgação.

Adubação Verde é opção eficiente de controle de nematoides de galha nos quiabeiros, aponta pesquisa paulista РImagem: Divulgação.

Pesquisadores do IAC, da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), Polo de Andradina, e da Coordenação de Assistência Técnica Integral (CATI), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de S.Paulo (SAA) tem estudado como controlar a incidência dos nematoides de galha na cultura do quiabo. E os resultados apontam o manejo com crotalária no pré-cultivo como opção eficaz e 100% parceira do meio ambiente.

No fim do ano passado os dados preliminares da pesquisa foram divulgados, mostrando que a ado√ß√£o da t√©cnica reduz em torno de 90% a incid√™ncia do nematoide no per√≠odo de pr√©-plantio, impactando positivamente a cultura posterior da hortali√ßa. Todo o trabalho acontece no munic√≠pio de Gabriel Monteiro, 550 km distante da capital do estado. (mais…)

Nematoide das galhas nos batatais ameaçam qualidade

sexta-feira, janeiro 20th, 2017

nematoidedasgalhas_batata_sementespirai

J√° retratamos aqui v√°rios alertas sobre o perigo que os nematoides representam para in√ļmeras culturas e hoje chegou o momento de alertar o produtor de batatas sobre esse perigo. A incid√™ncia dessa praga nos batatais em regi√Ķes de clima tropical √© muito comum, principalmente quando falamos das esp√©cies Meloidogyne (nematoide das galhas) e Pratylenchus (nematoide das les√Ķes). Seu preju√≠zo, estudado em pesquisa, atingiu o patamar de 12% de perdas nas m√©dias anuais de produ√ß√£o.

O alerta vermelho √© ligado principalmente ao Meloidogyne (em especial o Meloidogyne javanica), pois essa esp√©cie √© considerada a mais agressiva para a cultura em condi√ß√Ķes tropicais. Ele age penetrando na raiz da planta, induzindo a forma√ß√£o de galhas (engrossamentos) nas ra√≠zes. Dessa forma, a batata tem sua capacidade de absor√ß√£o de √°gua e nutrientes prejudicada. A a√ß√£o desse nematoide ainda pode gerar infec√ß√Ķes secund√°rias por fungos ou bact√©rias, que causam a¬† murcha ou a podrid√£o da planta. (mais…)

Algod√£o: como aumentar sua produtividade?

terça-feira, novembro 29th, 2016
Campo de pesquisa da Embrapa, localizado na - Imagem: Fabiano Perina/Portal DBO.

Campo de pesquisa da Embrapa, localizado no campo experimental da Fundação Bahia РImagem: Fabiano Perina/Portal DBO.

Uma pesquisa da Embrapa, que está sendo realizada no campo experimental da Fundação Bahia, está comprovando que o uso de plantas de cobertura pode elevar a produtividade do algodoeiro em até 30% em comparação ao sistema tradicional de cultivo, a monocultura. O estudo quer demonstrar os benefícios das plantas de cobertura na melhoria dos atributos físicos e químicos do solo, o que resulta em melhor aproveitamento da água e maior produtividade da fibra para a cultura comercial.

J√ļlio Bogiani, respons√°vel pela condu√ß√£o da pesquisa, ressalta os benef√≠cios das plantas de cobertura para a conserva√ß√£o do solo e da √°gua, mantendo a produ√ß√£o superior, mesmo em condi√ß√Ķes adversas. A regi√£o Oeste da Bahia, segundo o pesquisador, vem sofrendo ao longo dos √ļltimos anos com os veranicos prolongados, o que est√° ocasionando a perda de produtividade das lavouras de algod√£o. (mais…)

Sementes Piraí lança o maior portal de adubação verde do Brasil!

segunda-feira, novembro 21st, 2016

Novo site é mais uma inovação na forma da empresa se comunicar e atender produtores de todo o país

topo_news_portal

A Sementes Pira√≠ lan√ßou na √ļltima ter√ßa, feriado da Proclama√ß√£o da Rep√ļblica, seu novo portal. Batizado de ‚ÄúRep√ļblica da Aduba√ß√£o Verde‚ÄĚ o site √© mais um canal de comunica√ß√£o que atende a prerrogativa da empresa de estar em contato direto e permanente com os produtores, inovando na forma de se comunicar.

O nome do portal ‚ÄúRep√ļblica da Aduba√ß√£o Verde‚ÄĚ vem da vis√£o que a Sementes Pira√≠ tem de elevar o Brasil como maior produtor agropecu√°rio, sempre norteado pela sustentabilidade produtiva. ‚ÄúO Brasil j√° √© um pa√≠s ativo e importante quando se fala em aduba√ß√£o verde. Uma vez que j√° somos considerados a Rep√ļblica do Agroneg√≥cio, por que n√£o dizermos que a Sementes Pira√≠ atua para o que Brasil se efetive como a ‚ÄúRep√ļblica da Aduba√ß√£o Verde?‚ÄĚ, afirma Thiago Rossi, respons√°vel t√©cnico do setor de vendas. (mais…)

Chega de Nematoide na cana-de-a√ß√ļcar!

quinta-feira, novembro 10th, 2016

Projeto da Sementes Piraí entrevista o Professor Mário Inomoto, especialista em fitopatologia e entomologia

chegadenematoidecana_sementespiraiA Sementes Pira√≠ lan√ßou nesta semana seu novo conte√ļdo para o Projeto Chega de Nematoide: a entrevista do Professor M√°rio Inomoto, um dos consultores do site Controle os Nematoides,¬† enfocando dessa vez a cultura canavieira. Na expectativa da retomada econ√īmica do setor, a entrevista apresenta informa√ß√Ķes atualizadas sobre a a√ß√£o dos nematoides e como eles podem ser controlados com o aux√≠lio da aduba√ß√£o verde.

O cenário de prejuízos na lavoura canavieira causados por esses seres quase microscópicos é devastador e preocupante. Na entrevista, Inomoto pontua que as perdas na cultura variam de 20 a 40%, perdendo em média (considerando um exemplo de 70 toneladas) cerca de 1.000 a 1.500,00 reais por hectare.

Das esp√©cies mais encontradas na cana-de-a√ß√ļcar a mais comum √© Pratylenchus zeae, seguida por Meloidogyne javanica, o Meloidogyne incognita e o Pratylenchus brachyurus. Considerado o n√≠vel de dano causado por essas pragas a ordem se altera, apresentando-se assim: Meloidogyne incognita, Meloidogyne javanica, Pratylenchus zeae e o Pratylenchus brachyurus. (mais…)

Como produzir o ano todo? Diversificando!

quinta-feira, setembro 29th, 2016
Imagem: Divulgação.

Imagem: Divulgação.

Depender de uma √ļnica cultura agr√≠cola nem sempre contribui para manter a renda do produtor o ano todo, por isso diversificar a produ√ß√£o tem ganho adeptos Brasil afora, uma vez que a a√ß√£o trabalha o ano todo com o solo, gerando renda e aparecendo como alternativa de produ√ß√£o.

Um exemplo est√° em Planaltina (DF) na propriedade de Thiago Falqueto. Seus 18 hectares s√£o uma mostra consolidada das variadas op√ß√Ķes que a diversifica√ß√£o oferece: no lugar do milho, vem a soja; do feij√£o, a ab√≥bora e ao redor das lavouras comerciais, h√° pomares de abacate e mexerica ponc√£.

O produtor afirma que optou pela diversifica√ß√£o por conta de um preju√≠zo sofrido com a lavoura de feij√£o, na √©poca a √ļnica lavoura produtiva da propriedade. A partir desse ocorrido, diversificou e conseguiu recuperar os preju√≠zos da safra feijoeira, gra√ßas as op√ß√Ķes fornecidas pelas demais culturas. (mais…)

Produção cafeeira em Caconde/SP é a mais barata do país!

sexta-feira, setembro 23rd, 2016
Cafezal de √Črico Penha em Caconde/SP - Imagem: Eder Ribeiro/EPTV/G1.

Cafezal de √Črico Penha em Caconde/SP – Imagem: Eder Ribeiro/EPTV/G1.

Produzir café não é uma das tarefas mais baratas dentro do cenário agrícola, porém a cidade paulista de Caconde está trabalhando numa receita de sucesso para a redução de gastos e um dos ingredientes primordiais é a agricultura familiar.

Um estudo executado pela Comissão Nacional do Café da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) junto com a Universidade Federal de Lavras (Ufla) e a Agência de Inovação do Café mapeou pequenas lavouras cafeeiras situadas nos estados do Sul e do Sudeste. Ao todo treze municípios foram pesquisados e Caconde apresentou o menor custo: a saca de 60 quilos possui valor de R$ 290. Já o custo médio no país é de R$ 373.

Al√©m da agricultura familiar, a utiliza√ß√£o de novas t√©cnicas de manejo s√£o respons√°veis pelo barateamento produtivo. (mais…)

Nematoides x cana-de-a√ß√ļcar de primeiro corte!

quinta-feira, setembro 22nd, 2016
Ra√≠zes de cana-de-a√ß√ļcar atacadas por nematoides do g√™nero Pratylenchus - Imagem: Slide Player/ Charles Revson de Ara√ļjo - IFMT.

Ra√≠zes de cana-de-a√ß√ļcar atacadas por nematoides do g√™nero Pratylenchus – Imagem: Slide Player – Charles Revson de Ara√ļjo/IFMT.

Leila Dinardo, pesquisadora do Instituto Agron√īmico de Campinas (IAC), afirma que a an√°lise de solos canavieiros apontam a presen√ßa consider√°vel de nematoides. Pela ordem do mais presente, seguem-se:¬† 97% das amostras analisadas t√™m o nematoide Pratylenchus zeae, 35% o Meloidogyne javanica; 20% o M. incognita e 35% o P. brachyurus. Os n√ļmeros s√£o considerados alarmantes para o setor.

A pesquisadora pontua que os nematoides podem reduzir a produtividade da cana-de a√ß√ļcar de primeiro corte numa vari√°vel de 20 a 30%; podem tamb√©m diminuir a produtividade das soqueiras entre 10% a 20% por corte, reduzindo o tempo de vida √ļtil do canavial em cerca de um ciclo produtivo. Leila tamb√©m chama a aten√ß√£o para a presen√ßa dessas pragas em solo arenoso, uma vez que os danos s√£o mais severos do que nos solos argilosos. Isso se deve, provavelmente, a diferen√ßa na capacidade de armazenamento h√≠drico.

Por sua vez, a presen√ßa de nematoides √© vari√°vel segundo a quantidade de √°gua no solo: quando se h√° bastante, a popula√ß√£o aumenta. (mais…)

Saiba qual crotalária escolher para rotação de culturas e adubação verde

quinta-feira, setembro 15th, 2016

____________________________________________________________________

Obs: O texto de hoje √© uma reprodu√ß√£o integral do excerto de Naiara Ara√ļjo, da SF Agro.¬†Agradecemos e creditamos a Naiara todo o conte√ļdo textual postado abaixo.

_____________________________________________________________________

Além de controlar a incidência de nematoides nas lavouras, o cultivo da espécie correta é vantajoso para o solo 

A Crotal√°ria-juncea, por exemplo, √© indicada para a cultura de cana-de-a√ß√ļcar - Imagem: Sementes Pira√≠.

A Crotal√°ria-juncea, por exemplo, √© uma das Crotal√°rias indicadas para a cultura de cana-de-a√ß√ļcar – Imagem: Sementes Pira√≠.

A rota√ß√£o de culturas com crotal√°ria √© uma alternativa interessante para muitos produtores. Al√©m de controlar a incid√™ncia de nematoides nas lavouras, essa pr√°tica traz muitos benef√≠cios, como cuidado e prote√ß√£o do solo, controle de ervas daninhas e recupera√ß√£o de √°reas degradadas. Segundo Donizeti Carlos, engenheiro agr√īnomo e diretor da Sementes Pira√≠, muitos agricultores ainda t√™m d√ļvidas sobre qual variedade de crotal√°ria escolher para a rota√ß√£o de culturas.

O cultivo de crotal√°rias √© uma t√©cnica de aduba√ß√£o verde e apresenta feitos positivos desde o primeiro plantio, mas a situa√ß√£o melhora ainda mais a longo prazo. ‚ÄúA efici√™ncia no controle ser√° maior se o produtor for repetindo anualmente o preparo do solo com crotal√°rias nas janelas da safra e fazendo essa rota√ß√£o. Ele sempre ter√° ganhos‚ÄĚ, diz Donizeti Carlos. O cultivo de crotal√°ria pode ser feito antes da safra de ver√£o, na segunda safra e em cons√≥rcio com algumas culturas, como milho, milheto e braqui√°ria.

A aduba√ß√£o verde se popularizou nas √ļltimas temporadas. Na safrinha deste ano, o engenheiro agr√īnomo acredita que cerca de 300 mil hectares de milho foram plantados em cons√≥rcio com crotal√°rias, principalmente no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia e Goi√°s. O plantio das esp√©cies √© simples. A orienta√ß√£o √© que a semeadura da crotal√°ria seja feito a lan√ßo, em √°reas j√° dessecadas para controle das ervas daninhas e tigueras da cultura anterior. Elas devem ser levemente incorporadas, de dois a tr√™s cent√≠metros de profundidade, com corrent√£o ou grade niveladora. Confira as dicas para escolher a crotal√°ria mais adequada para a fazenda. (mais…)

Olho vivo contra os nematoides na próxima safra de soja!

segunda-feira, setembro 12th, 2016
Imagem: RR Rufino/Embrapa.

Raiz de soja atacada por nematoides – Imagem: RR Rufino/Embrapa.

Aten√ß√£o sojicultor, nosso recado √© integralmente destinado √† sua pr√≥xima safra: o alerta contra os nematoides s√£o de especialistas que estudam o “tamanho” dos danos causados por essas pragas e sua principal recomenda√ß√£o √© estar de olho bem vivo, atento a poss√≠vel presen√ßa desses “vil√Ķes” no solo. Segundo os pesquisadores a an√°lise de nematoides no solo √© uma a√ß√£o importante para preven√ß√£o ou controle.

O Dr. Claudinei Lima, engenheiro agr√īnomo e professor, pontua que a presen√ßa de nematoides no solo √© praticamente impercept√≠vel e se n√£o for diagnosticada a tempo e controlada, a √°rea de plantio pode at√© ser inviabilizada. A a√ß√£o dessas pragas s√≥ √© realmente sentida, quando percebe-se o p√©ssimo desenvolvimento das plantas e nesses casos, pouco h√° para se fazer. Portanto, a an√°lise √© a melhor preven√ß√£o, afirma.

O professor explica que a dissemina√ß√£o dos nematoides tamb√©m √© dif√≠cil de ser controlada, (mais…)

Treinamento sobre a import√Ęncia e controle de nematoides na cenoura, beterraba, alho e cebola no Brasil!

terça-feira, agosto 30th, 2016
O controle de nematoides na cultura de beterraba é uma das quatro culturas abordadas no Treinamento - Imagem: Divulgação.

O controle de nematoides na cultura de beterraba é uma das quatro culturas abordadas no Treinamento РImagem: Divulgação.

Hoje, mais uma vez, partilhamos de um convite t√£o importante tanto de ponto de vista de informa√ß√£o, quanto da oportunidade da troca de conhecimento e networking. O Professor M√°rio Inomoto, docente e pesquisador do Departamento de Fitopatologia e Nematologia da Esalq/USP, convida a todos os interessados para o Treinamento sobre a Import√Ęncia e o Controle de Nematoides na cenoura, beterraba, alho e cebola no Brasil.

O evento acontecer√° em 12 de dezembro, das 8h30 √†s 16h, na Sala Te√≥rica 1, Pr√©dio da Zoologia (Salvador de Toledo Piza Junior), na Alameda dos Alecrins (em frente ao Servi√ßo Odontol√≥gico), na ESALQ/USP, localizada na Av.P√°dua Dias n¬ļ 11, em Piracicaba/SP.

Como objetivo o treinamento quer apresentar informa√ß√Ķes sobre as bases cient√≠ficas para o controle de nematoides de cenoura, beterraba, alho e cebola, com propostas para o aprimoramento do controle atualmente em uso no pa√≠s.

Segue a programação:

(mais…)

Conheça os benefícios de plantar crotalária antes da safra de verão

quinta-feira, agosto 18th, 2016
_____________________________________________________________________
Obs: O texto de hoje √© uma reprodu√ß√£o integral do excerto de Naiara Ara√ļjo, da SF Agro.¬†Agradecemos e creditamos a Naiara todo o conte√ļdo textual postado abaixo.
_____________________________________________________________________

A leguminosa ajuda no controle de nematoides, é uma aliada na descompactação do solo e controle de erosão

A Crotalária-spectabilis é um dos adubos verdes mais conhecidos - Imagem: Sementes Piraí.

A Crotalária-spectabilis é uma das espécies de Crotalária mais conhecida РImagem: Sementes Piraí.

O¬†plantio de crotal√°rias √© indicado para rota√ß√£o de culturas. O cultivo pode ser adotado antes e durante as safras, at√© mesmo √© uma alternativa para a safra de ver√£o. O uso de crotal√°rias se populariza por causa da sua efici√™ncia no controle de nematoides. Mas a leguminosa tamb√©m √© importante para a descompacta√ß√£o do solo, controle de eros√£o e fixa√ß√£o de nitrog√™nio. ‚ÄúO que chama a aten√ß√£o do agricultor √© o controle de pragas e doen√ßas, mas todo o resto est√° beneficiando a terra‚ÄĚ, diz Donizeti Carlos, engenheiro agr√īnomo e diretor da Sementes Pira√≠.

Na safrinha deste ano, ele acredita que cerca de 300 mil hectares de milho foram plantados em cons√≥rcio com crotal√°rias, principalmente no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia e Goi√°s. Confira orienta√ß√Ķes para adotar o cultivo de crotal√°rias na rota√ß√£o de culturas com a soja, milho e algod√£o.

¬†1 ‚Äď Soja

O cultivo de crotal√°ria √© ben√©fico na safra de ver√£o de soja.¬†Nesse caso, o ideal √© esperar o in√≠cio de chuvas, em setembro, para investir na crotal√°ria no per√≠odo pr√©-soja. Segundo Donizeti Carlos, n√£o √© recomend√°vel plantar antes, porque s√£o grandes as chances delas n√£o se desenvolverem por causa da estiagem. ‚ÄúNas regi√Ķes que registrarem chuva, o produtor tem a possibilidade de deixar a crotal√°ria na √°rea produtiva de 45 a 60 dias. O per√≠odo vai depender do dia que ele for come√ßar o plantio‚ÄĚ, explica o engenheiro agr√īnomo. Depois, √© s√≥ dessecar e realizar o plantio de soja normalmente, com o solo mais forte e preparado para a safra.

¬†2 ‚Äď Milho

No caso do milho, alguns produtores j√° realizam o plantio tardio para cultivar crotal√°ria antes do in√≠cio da safra. Apesar de algumas variedades serem resistentes aos nematoides, o milho √© um hospedeiro desses parasitas. Por isso, o cultivo de milho pode deixar como heran√ßa uma popula√ß√£o maior de nematoides para a pr√≥xima safra. ‚ÄúA efici√™ncia no controle ser√° maior se o produtor for repetindo anualmente o preparo do solo com crotal√°rias nas janelas da safra e fizer essa rota√ß√£o. Ele sempre ter√° ganhos‚ÄĚ, diz o especialista.

O ideal seria decidir como fazer o uso da crotalária a partir do nível de infestação de nematoides. Segundo Donizeti Carlos, o uso consorciado é indicado para o solo que apresenta baixo nível de infestação. Já os solos que estão nos níveis de média à alta infestação de nematoides deveriam plantar exclusivamente crotalária na segunda safra. Porém, para não passar uma safra sem produção comercial, o que geraria um alto prejuízo financeiro, os produtores optam pelo consórcio entre milho e crotalária.

¬†3 ‚Äď Algod√£o

Plantar crotal√°rias antes de come√ßar a safra de algod√£o √© mais f√°cil porque o plantio da cultura come√ßa mais tarde. Geralmente, o plantio come√ßa em outubro e, em algumas regi√Ķes, pode acontecer at√© janeiro. Isso faz com que o produtor tenha mais tempo para deixar as plantas no solo, aproveitando melhor os seus benef√≠cios.

4 ‚Äď Dicas essenciais para n√£o errar

Segundo Donizeti Carlos, o maior erro do produtor no cultivo de crotal√°ria √© deixar a planta chegar em vagem seca. ‚ÄúO produtor deveria fazer o manejo no pleno florescimento, mas mais de 90% n√£o faz isso‚ÄĚ, diz o engenheiro e diretor da Sementes Pira√≠. ‚ÄúMuitos produtores que cultivam a crotal√°ria na segunda safra deixam a planta morrer e isso reduz o efeito de controlar os nematoides.‚ÄĚ

O uso de crotalárias não tem restrição. Porém, Donizeti Carlos diz que não é recomendado o cultivo de crotalárias em área infestada com o mofo branco. Também conhecida como podridão branca, a doença atinge diversas culturas, como o algodão, a soja e o feijão.

Os produtores que cultivam crotal√°ria devem tomar cuidado para que os animais da fazenda n√£o comam essas plantas. ‚ÄúN√£o √© recomendado para pasto ou aproxima√ß√£o de gado nessas √°reas. As crotal√°rias t√™m um fator t√≥xico e se o gado comer em excesso, chega a matar‚ÄĚ, diz Donizeti Carlos.

¬†5 ‚Äď Qual quantidade de sementes plantar?

Na safra de ver√£o, o produtor que for usar a Crotal√°ria-spectabilis deve utilizar 20 quilos de semente por hectare. Cada quilo dessa variedade custa cerca de R$ 7, ou seja, R$ 140 por hectare. J√° o produtor que optar pela Crotal√°ria-ochroleuca deve usar 15 quilos por hectare. Como o quilo custa R$ 5, o investimento por hectare fica em torno de R$ 75.

Na segunda safra, como o plantio é mais tardio e o produtor tem mais tempo para deixar as crotalárias no solo antes de iniciar a safra, é recomendável usar mais sementes para garantir uma população maior de plantas. Segundo Donizeti Carlos, no caso da Crotalária-spectabilis, o recomendado é plantar 25 quilos de sementes por hectare. E se for Crotalária-ochroleuca, 20 quilos por hectare.

SF Agro

_____________________________________________________________________

Conheça mais sobre as Crotalárias

Donizeti Carlos, diretor comercial da Sementes Piraí, pontuou o uso de Crotalárias como adubos verdes para preparar o solo antes da safra de verão. Conheça as variedades que ele mencionou:

Se informar sobre os benef√≠cios da aduba√ß√£o verde √© de fundamental import√Ęncia para iniciar sua guinada produtiva, sustent√°vel e de forma econ√īmica. Adote os adubos verdes mencionados e prepare-se para uma pr√≥xima safra de ver√£o muito rent√°vel!

 

 

Aumentando a capacidade produtiva do solo com… aduba√ß√£o verde!

quarta-feira, agosto 3rd, 2016
A Crotalária-spectabilis é um dos adubos verdes mais conhecidos - Imagem: Sementes Piraí.

A Crotalária-spectabilis é um dos adubos verdes mais conhecidos РImagem: Sementes Piraí.

Um dos maiores desafios da agricultura atualmente é produzir mais e de forma sustentável. Na agricultura familiar esse desafio ganha um adendo financeiro, uma vez que essa tarefa precisa ser executada com baixo custo. A solução então, apontada por muitos pesquisadores, incluindo César José da Silva (Embrapa Agropecuária Oeste) está no uso da adubação verde.

A aduba√ß√£o verde √© uma t√©cnica “multiuso”, pois se adequa a qualquer tipo de cultura e formato produtivo. Basicamente, ela eleva a capacidade produtiva do solo, com baixo custo, aumentando sua produtividade e consequentemente, a rentabilidade dos produtores.

Segundo Silva, a Embrapa em Dourados estuda o uso da adubação verde na agricultura familiar há mais de uma década e a indicação é a utilização da técnica em rotação de culturas ou em consórcio entre leguminosas e gramíneas. Ele atesta que a adubação verde entra em cena em períodos não concorrentes com as culturas comerciais, como milho, feijão e mandioca.

Desta forma, em rota√ß√£o ou em cons√≥rcio, a aduba√ß√£o verde condiciona o solo para que as pr√≥ximas culturas comerciais colham os benef√≠cios dessa implanta√ß√£o, explorando melhor os nutrientes e a √°gua absorvida no solo. Tal situa√ß√£o √© poss√≠vel porque os adubos verdes possuem um sistema radicular mais profundo. Outra caracter√≠stica salientada pelo pesquisador como vantagem das leguminosas √© a fixa√ß√£o, em simbiose com as bact√©rias, do nitrog√™nio – um importante nutriente que √© absorvido em grande quantidade e bem aproveitado pela cultura econ√īmica subsequente.

Al√©m destes benef√≠cios, a aduba√ß√£o verde cobre o solo (servindo de cobertura vegetal), aumenta sua umidade, promove a ciclagem de seus nutrientes, que favorecem a din√Ęmica dos microorganismos e √© uma importante aliada no combate √† variadas esp√©cies de nematoides e doen√ßas do solo. Pode servir tamb√©m como suplemento da alimenta√ß√£o animal, pontua C√©sar.

Por fim, falando em recursos financeiros, a aduba√ß√£o verde promove a economia no uso de tradicionais insumos utilizados, como os fertilizantes, adubos nitrogenados, fungicidas e inseticidas, impactando direta e positivamente o meio ambiente. Isso porque o “trabalho da aduba√ß√£o verde” em ciclar nutrientes, fixar nitrog√™nio por meio das leguminosas e favorecer os inimigos naturais de pragas e doen√ßas, formam alguns dos aspectos que aumentam a resist√™ncia e o pleno desenvolvimento saud√°vel das culturas comerciais.

Fonte: EBC.

Adote a adubação verde!

Depois dessa breve aula sobre adubação verde não perca mais tempo e vá direto ao ponto, ou melhor, à fonte de adubação verde que há mais de 40 anos vem auxiliando o produtor brasileiro a conduzir sua lavoura com sustentabilidade: conheça os benefícios da adubação verde no site da Sementes Piraí.

Confirme todos as vantagens citadas pelo pesquisador C√©sar Jos√© da Silva e conhe√ßa as demais implica√ß√Ķes positivas na utiliza√ß√£o da t√©cnica, bem como as especifica√ß√Ķes para cada cultura.

A partir de agora vocês estão convidados a serem adubadores do futuro!