Posts Tagged ‘Cacau’

Agricultor familiar, atenção aos descontos do mês de abril!

segunda-feira, abril 17th, 2017
Cebola, manga, trigo e batata s√£o algumas das culturas beneficiadas pelo b√īnus neste m√™s.

Cebola, manga, trigo e batata s√£o algumas das culturas beneficiadas pelo b√īnus neste m√™s.

A portaria 241, publicada no Di√°rio Oficial da Uni√£o (DOU) no √ļltimo dia 11, trouxe boas novas aos produtores familiares de batata, cara/inhame e de mais sete outras culturas. Trata-se do b√īnus do Programa de Garantia de Pre√ßos para a Agricultura Familiar (PGPAF) vigente neste m√™s.

O b√īnus certifica descontos, ou seja, o abatimento em parcelas de financiamentos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura familiar (Pronaf), no per√≠odo compreendido de 10 de abril a 09 de maio (ainda restam mais de 20 dias desse prazo). (mais…)

Dia do Cacau: conheça a história do fruto, seu cultivo e seus benefícios!

sábado, março 26th, 2016

DiadoCacau_piraí

História

O Cacau √© um fruto conhecido h√° muitos s√©culos, remetente das antigas civiliza√ß√Ķes Asteca e Maia. Era considerado sagrado e de origem divina pelos Astecas. J√° para os √≠ndios dessa civiliza√ß√£o, sua import√Ęncia era monet√°ria: suas sementes serviam como moeda. O seu nome deriva do termo Kakaw, de origem maia. Para alguns estudiosos o termo ganha a tradu√ß√£o de “suco amargo”, mas Kakaw √© um fonema usado para se referir ao cacaueiro.

√Č origin√°rio de regi√Ķes de floresta pluviais da Am√©rica Tropical, onde at√© hoje, √© encontrado em estado silvestre, desde o Peru at√© o M√©xico. ¬†Seu aparecimento para a ci√™ncia √© datado em 1758, pelo bot√Ęnico sueco Carolus Linneu que denominou a planta de Theobroma cacao, chamando-a assim de ‚Äúmanjar dos deuses‚ÄĚ. Em 1937, foi citado na literatura bot√Ęnica pela primeira vez por Charles de l‚Äô Ecluse.

Em terras brasileiras

Sua chegada ao Brasil √© em 1679, atrav√©s da Carta R√©gia que permitia aos colonizadores a plant√°-lo em suas terras. Bons tempos depois, a primeira planta√ß√£o vindoura vem da Bahia, local que recebeu as primeiras sementes, em 1746. Seis anos depois, Ilh√©us tamb√©m fez planta√ß√Ķes desses frutos ovoides, com superf√≠cie lisa, imperceptivelmente sulcada ou enrugada, com sementes brancas por fora e violetas/pretas por dentro.

O cacau gostou das condi√ß√Ķes brasileiras e teve sua cultura enraizada nas regi√Ķes ‚Äúverdes‚ÄĚ do Nordeste, primeiramente. Para se desenvolver plenamente, o cacaueiro exige solos profundos e ricos, com clima quente e √ļmido, de temperatura m√©dia de cerca de 25¬įC e precipita√ß√£o anual entre 1.500 e 2.000 mm, sem per√≠odos secos prolongados.

Produção atual no país

Passados 270 anos depois da primeira colheita, a cultura hoje √© ainda difundida nas ‚Äúzonas verdes‚ÄĚ da Bahia, que det√©m praticamente 50% da produ√ß√£o nacional. Al√©m dele, os estados de Minas Gerais, Esp√≠rito Santo, Mato Grosso, Rond√īnia, Amazonas e Par√° tamb√©m s√£o produtores do fruto. Falando no estado paraense, a surpresa das √ļltimas colheitas adv√©m de l√°, ranqueando-o como o segundo maior produtor nacional.

Segundo dados da Associa√ß√£o dos Produtores de Cacau (APC), que representa os cacauicultores de todo o pa√≠s, somente a √ļltima safra baiana pode superar as 140 mil toneladas. Somada √†s demais colheitas dos outros seis estados, a produ√ß√£o brasileira ser√° suficiente para suprir a demanda nacional, tal como ocorreu na safra 2014/15. O Brasil √© o sexto maior produtor mundial, ficando atr√°s de pa√≠ses africanos como Costa do Marfim (l√≠der em produ√ß√£o) e Gana (terceiro maior produtor).

Subprodutos do cacau e seus benefícios

O fruto, famoso por ser insumo do chocolate, √© dividido industrialmente em quatro linhas de produ√ß√£o: licor, torta, manteiga e p√≥. ¬†Tais linhas servem as ind√ļstrias aliment√≠cia e cosm√©tica (manteiga de cacau, hidrantes, sabonetes, √≥leos corporais, entre outros). Sua casca tamb√©m √© aproveitada, extraindo a pectina que √© processada e utilizada como ra√ß√£o animal.

Falando de benef√≠cios √† sa√ļde, o cacau melhora o sistema cardiovascular e tem a√ß√£o antioxidante. Suas propriedades s√£o in√ļmeras, come√ßando pela presen√ßa de vitamina E¬†e C, c√°lcio, f√≥sforo,¬†ferro, pot√°ssio, s√≥dio,¬†fibras e ‚Äúgorduras do bem‚ÄĚ, al√©m de conter metilxantina, teobromina e¬†cafe√≠na (compostos estimulantes). Outras vantagens do consumo do fruto s√£o a melhora na sensa√ß√£o de relaxamento e bem-estar e o aux√≠lio no tratamento da ansiedade e depress√£o. Como cosm√©tico, possui alta capacidade de hidrata√ß√£o e a√ß√£o antienvelhecimento.

Cultivo

O cultivo do fruto se dá em solos bem drenados e profundos, férteis e bem adubados. O plantio, normalmente, é feito com mudas da árvore, produzidas por clonagem ou enxertia.

Atualmente, sua classificação de plantio se dá desta forma:

Р  Sistema de Cabruca (em áreas desbravadas)

–¬†¬† Atrav√©s da aragem, gradagem e calagem e/ou plantio das esp√©cies ¬†de sombreamento do cacaual (em √°reas sem mata)

√Č uma cultura que depende muito dos tratos culturais e da aduba√ß√£o, nos per√≠odos corretos, para se desenvolver em plenitude. Tem como suas inimigas as pragas: Selenothrips rubrocinctus (Tripes), Monalonion annulipes (‚ÄúChupan√ßa‚ÄĚ) e Conotrachelus humeropictos (Broca dos Frutos). Al√©m das doen√ßas Vassoura-de-bruxa, Podrid√£o-parda, Murcha de Ceratocystis e Mon√≠lia do cacaueiro.

A colheita inicia a partir do terceiro ano p√≥s-plantio, sendo anual. A partir do quinto ano, o fruto √© colhido em dois per√≠odos: safra principal (de novembro a fevereiro) e tempor√£o com condi√ß√Ķes favor√°veis (abril a agosto).

Adubação Verde no Cacaueiro

Depois que falamos basicamente do plantio √† colheita, hora de saber como potencializar a produ√ß√£o do fruto com o aux√≠lio da aduba√ß√£o verde. Isso se d√° atrav√©s do uso do Guandu, leguminosa de ver√£o de porte alto e ciclo semi-perene. Tem como forte caracter√≠stica o sistema radicular agressivo e robusto que cresce em profundidade, reciclando nutrientes e descompactando solos adensados, fazendo uma subsolagem ‚Äúbiol√≥gica‚ÄĚ. Para saber mais sobre o Guandu, acesse aqui.

Conhe√ßa outros adubos verdes, bem como os benef√≠cios da aduba√ß√£o verde, visitando o site da nossa adubadora ‚Äď Sementes Pira√≠.

Localize um representante mais próximo e comece hoje mesmo a planejar sua próxima safra cacaueira com adubação verde.

Publica√ß√Ķes

Para auxiliar os atuais e futuros produtores desta cultura, seguem publica√ß√Ķes relevantes:

РApresentação da cultura do cacau (Ebah): http://www.ebah.com.br/content/ABAAAAXssAG/apresentacao-cultura-cacau

РO mercado do cacau como oportunidade para os pequenos negócios (Sebrae): http://www.sebraemercados.com.br/wp-content/uploads/2015/10/2014_07_31_BO_Maio_Agronegocio_Cacau_pdf.pdf

РManual técnico para manejo do cacau em áreas de agricultura familiar (CARE Brasil): http://www.care.org.br/wp-content/uploads/2010/08/MANUAL-TECNICO-PROJETO-CACUA-09.2013-FINAL.pdf