Posts Tagged ‘Babaçu’

Agricultor familiar, atenção aos descontos do mês de abril!

segunda-feira, abril 17th, 2017
Cebola, manga, trigo e batata são algumas das culturas beneficiadas pelo bônus neste mês.

Cebola, manga, trigo e batata são algumas das culturas beneficiadas pelo bônus neste mês.

A portaria 241, publicada no Diário Oficial da União (DOU) no último dia 11, trouxe boas novas aos produtores familiares de batata, cara/inhame e de mais sete outras culturas. Trata-se do bônus do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF) vigente neste mês.

O bônus certifica descontos, ou seja, o abatimento em parcelas de financiamentos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura familiar (Pronaf), no período compreendido de 10 de abril a 09 de maio (ainda restam mais de 20 dias desse prazo). (mais…)

Agroextrativismo desembarca no Pantanal!

segunda-feira, julho 4th, 2016
A produção agroextrativista do babaçu foi a marca do Intercâmbio - Imagem: Divulgação.

A produção agroextrativista do babaçu foi a marca do Intercâmbio “Mulheres no Agroextrativismo” – Imagem: Divulgação.

A agricultura familiar do Mato Grosso tem se fortalecido por meio de várias iniciativas que promovam a melhoria produtiva, promovendo maior geração de renda. Uma dessas ações é feita por grupos de mulheres que atuam na promoção da agricultura familiar agroecológica, como meio de subsistência e estilo de vida.

Em Cotriguaçu, quatro grupos de mulheres tem trabalhado lado a lado com o Instituto Centro de Vida – ICV na Iniciativa de Desenvolvimento Rural Comunitário, objetivando apoiar as comunidades rurais nos processos de organização, planejamento e desenvolvimento agroecológico.

Já na Baixada Cuiabana, a Associação Regional de Produtoras Extrativistas do Pantanal – Arpep reúne três grupos, parceiros do programa Mato Grosso da Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional – Fase, há mais de 10 anos.  A intenção é trabalhar a agroecologia em simultaneidade com a assistência técnica e rural, visando o intercâmbio participativo de conhecimento, promovendo o empoderamento das agricultoras.

Dessas iniciativas surgiu o intercâmbio “Mulheres no agroextrativismo”, evento que aconteceu em meados de maio com a intenção da troca de experiências sobre o agroextrativismo de babaçu, comum aos grupos participantes. Houve espaço para o compartilhamento de técnicas, receitas e dicas produtivas ligadas ao fruto, bem como para os debates sobre o empoderamento da agricultoras, seus desafios e o caminho a ser percorrido para melhoria da situação.

O evento foi marcado pela construção dos cenários futuros do agroextrativismo no estado: pelo incentivo à agricultora familiar, às melhorias produtivas, o acesso às políticas públicas e de fomento à agricultura familiar, a diversificação agroextrativista e a potencialização dos produtos com a logomarca “Do Cerrado”. A jornada, todas sabem, é longa, mas não é impossível de ser concretizada, uma vez que o empenho e a vontade constante de melhoras são marcas registradas dessas batalhadoras. Isso é #adubarofuturo!

Fonte: 24 Horas News

Mais um estímulo ao agroextrativismo

Você sabia que a adubação verde pode fazer parte da produção agroecológica/agroextrativista?

Trata-se de uma técnica milenar que propõe o reavivamento das condições físicas, químicas e biológicas do solo pelo uso dos adubos verdes. Uma ação sustentável, que garante a melhoria produtiva e não é dispendiosa.

Para saber mais sobre a adubação verde, acesse a EcoSeeds, loja online de sementes para adubação verde pensada para o pequeno e médio produtor. Conheça suas vantagens, as culturas produtivas e planeja seu próximo ciclo produtivo incluindo a adubação verde. Isso, sem dúvidas, é ser um #adubadordofuturo!