30jun/166

Qual Crotalária usar?

Inserido em Adubação Verde, Adubar o Futuro, Agricultura, Crotalária, Informação, Piraí Sementes, Sustentabilidade por Admin em 30 de junho de 20166 Comments »

Sementes Piraí pontua benefícios de cada espécie de Crotalária como adubo verde

Imagem: Sementes Piraí.

Imagem: Sementes Piraí.

A FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura) elegeu 2016 como o Ano Internacional das Leguminosas. No âmbito da agricultura sustentável, uma das espécies de leguminosas mais conhecidas pelos inúmeros benefícios comprovados por pesquisas e práticas de campo é a Crotalária. Seu uso é comum na adubação verde, principalmente pela sua capacidade de fixar nitrogênio diretamente da atmosfera.

Porém, as espécies de Crotalárias mais conhecidas como adubos verdes ou plantas de cobertura são Breviflora, Juncea, Ochroleuca e Spectabilis. Suas variações causam dúvidas entre os produtores sobre quais as mais indicadas para as diversas necessidades: cuidado e proteção com o solo, controle de nematoides e ervas daninhas e recuperação de áreas degradadas, entre outras.

Segundo o diretor comercial da Sementes Piraí, José A. Donizeti Carlos, esta é uma dúvida muito frequente do público que tem contato com a empresa em eventos e dias de campo. “Pensando nisso, resolvemos reunir em um material de fácil acesso, as orientações para o emprego das Crotalárias como adubo verde”, relata.

 

Crotalária-breviflora

A Crotalária-breviflora é a espécie recomendada para entrelinhas de culturas perenes como o café, devido ao seu porte baixo e hábito não trepador. É má hospedeira de nematoides e ajuda no controle de ervas daninhas. Por combater nematoides dos tipos Meloidogyne e Pratylenchus, até mesmo em áreas de infestação mista. Os produtores de hortaliças também podem optar por este tipo de Crotalária. Já na cultura de grãos, seu uso é bastante recomendado consorciado com milho de segunda safra.

 

Crotalária-juncea

A parceira oficial na reforma ou implantação de canaviais é a Crotalária-juncea. Seus resultados são apresentados em menor tempo e sua produção de biomassa é conferida em maior quantidade. Seus benefícios também podem ser notados no controle de nematoides do tipo Meloidogyne e na proteção do solo contra a erosão.

 

Crotalária-ochroleuca

Quando o assunto é rusticidade, a escolha pela Crotalária-ochroleuca é recomendada. Essa espécie também é empregada na sucessão de soja, com áreas em infestação mista por nematoides de cisto, galhas e lesões. A recuperação da capacidade produtiva do solo é outra vantagem reconhecida dessa Crotalária. Possui excelente fixação biológica de nitrogênio atmosférico e é ótima produtora de massa verde. Aparece como opção de adubo verde para culturas de hortaliças, grãos (no esquema rotação entre as Crotalárias), algodão, tabaco e cana-de-açúcar, além de culturas irrigadas.

 

Crotalária-spectabilis

Por fim, a Crotalária-spectabilis é considerada a mais eficiente na redução de nematoides de galha, cisto e lesões radiculares em áreas de culturas anuais ou perenes. Possuí excelente fixação biológica de nitrogênio atmosférico e é ótima produtora de massa verde. Pode ser utilizada nas entrelinhas de culturas perenes sem prejudicar o trânsito de máquinas ou pessoas. Os cultivos de hortaliças, algodão, tabaco e cana-de-açúcar são os que, comumente utilizam tal espécie.

 

Com esse guia em mãos, a Sementes Piraí espera esclarecer as dúvidas dos produtores. “Quando bem informado sobre a adubação verde e seus benefícios, o agricultor fica seguro para fazer a escolha acertada. Esse é um dos pilares da nossa empresa, informar para que os objetivos sejam atingidos com pleno sucesso. Dessa forma, acreditamos contribuir um pouco a mais com a transformação da agricultura convencional em sustentável”, declara Donizeti.

Para obter dados técnicos e demais detalhes sobre o emprego de cada espécie de Crotalária, acesse o site da Sementes Piraí ou entre em contato com os consultores através clicando aqui.

___________________________________________________________________________

Redação Join Agro

http://www.joinagro.com.br

Tags: , , , , , ,

6 Responses to “Qual Crotalária usar?”

  1. Frederico Bandeira disse:

    Muito bom! Tirou algumas dúvidas que eu tinha! Parabéns pelo trabalho que realizam!

    • Admin disse:

      Olá Frederico!

      Que maravilha ler isso! Ficamos muito contentes que um conteúdo da nossa adubadora Sementes Piraí o ajudou. Continue a nos acompanhar e sane novas dúvidas. Aliás, se você tiver alguma sugestão para uma reportagem, nos envie. Ficaremos felizes em ajudar. Ótima semana,

      Equipe Adubar o Futuro.

  2. José Aristides coelho de Andrade disse:

    Excelente as orientações. Estou entendendo que para o plantio inicial de uva bordo, seria recomendado a breviflora ou a spectabilis?

    • Admin disse:

      Olá Seu José!

      Em primeiro lugar, ficamos muito felizes que tenha gostado do material elaborado pela nossa adubadora, Sementes Piraí. Entramos em contato com ela para sanar sua dúvida e a recomendação para o plantio inicial de uva bordo seria primeiro a Crotalária-breviflora e a spectabilis em segundo.

      Desejamos sucesso nessa sua empreitada sustentável e ficamos à disposição para ajudar a sanar outras dúvidas :)

  3. ANDRE ROBERTO G. DE CARVALHO disse:

    POR FAVOR GOSTARIA DE SABER O PREÇO E TAMANHO DE SACO DA CROTALARIA JUNCEA PRA SER ENTREGUE EM TERESOPOLIS RJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>