Archive for the ‘Pesquisa’ Category

Alerta para o mofo branco

segunda-feira, outubro 16th, 2017

mofobranco_sementespirai

Mais uma “praga” que prejudica a agricultura. √Č assim que podemos chamar o mofo branco, doen√ßa causada pelo fungo Sclerotinia sclerotiorum, que vem perturbando o desenvolvimento de lavouras de soja, algod√£o e feij√£o em v√°rias regi√Ķes do pa√≠s e que tem por agravante sua dissemina√ß√£o pelas sementes, al√©m do dif√≠cil controle.

Vari√°veis como clima, manejo e o n√≠vel de fragilidade da cultura s√£o for√ßas propulsoras para a infesta√ß√£o da lavoura, segundo Augusto C√©sar Pereira Goulart, pesquisadora da Embrapa Agropecu√°ria Oeste. Outra vari√°vel que chama a aten√ß√£o √© o uso das sementes caseiras ou piratas, que normalmente cont√©m escler√≥dio e s√£o excelentes hospedeiras do fungo, que levam cerca de 40% da produtividade das lavouras. (mais…)

Sinal amarelo: presença de nematoides no algodoeiro causam perdas de até 40%

quinta-feira, outubro 5th, 2017

nematoide_algodao_sementespirai

Os nematoides são uma das pragas mais temidas pela agricultura. Normalmente, seus prejuízos correspondem a metade da safra comercial, quando não a inviabilizam totalmente. Esses seres microscópicos se alojam no solo ou nas raízes das plantas, alimentando-se de seus nutrientes, prejudicando o desenvolvimento saudável da cultura comercial.

Se considerarmos o algodoeiro, as perdas causadas por essa praga s√£o “um tanto menores”, correspondendo at√© 40%. A esp√©cie Meloidogyne incognita, popularmente chamada de nematoide das galhas, e o Pratylenchus brachyurus, nematoide das les√Ķes radiculares, s√£o os mais encontrados na cultura, causando respectivamente o maior dano e “um preju√≠zo intermedi√°rio”. Nessa lista tamb√©m est√° o Rotylenchus reniforme, o nematoide reniforme. (mais…)

Por que utilizar plantas de cobertura no sistema soja-milho-algod√£o?

segunda-feira, setembro 25th, 2017

plantascobertura_algodoeiro_sementespirai

A resposta para essa pergunta de bate-pronto seria economia. Sim, economia! A Embrapa Algodão vem estudando a incorporação de plantas de cobertura nesse sistema de plantio e indica que a redução de custos pode chegar até 200 dólares por hectare plantado. Transformando em reais, a economia passaria de R$600,00. Isso porque a adoção de plantas de cobertura diminui o uso de fertilizantes, defensivos e nutrientes.

Alexandre Cunha de Barcellos Ferreira, pesquisadora da Embrapa, pontua que o desenvolvimento das plantas de cobertura acaba competindo com o das ervas daninhas. (mais…)

27 de Abril – Dia da Caatinga

quinta-feira, abril 27th, 2017

dia_da_caatinga_adubarofuturo_blog

No Dia da Caatinga partilhamos a boa not√≠cia de que o governo liberou quase tr√™s milh√Ķes para recuperar esse bioma! A Embrapa ser√° respons√°vel pelas a√ß√Ķes, que v√£o usar o Sistema de Integra√ß√£o Lavoura-Pecu√°ria-Floresta (ILPF), como forma de estimular a produ√ß√£o nas unidades agr√≠colas.

Fonte: Portal Brasil

Dia de Campo de Sistemas de Produ√ß√£o Sustent√°veis e boas pr√°ticas agron√īmicas

segunda-feira, abril 24th, 2017

Arte---DDC-Sagris_adubar

Come√ßamos a semana partilhando o convite da Unesp Jaboticabal para o¬†Dia de Campo de Sistemas de Produ√ß√£o Sustent√°veis e boas pr√°ticas agron√īmicas, que acontecer√° em 06/05, das 07 √†s 12h, no c√Ęmpus – pr√©dio Prof¬ļ Dr¬ļ S√©rgio de Freitas. (mais…)

Colmeia vivas, saud√°veis e amigas da agricultura

s√°bado, abril 22nd, 2017
Imagem:  Projeto Colmeia Viva (site).

Imagem: Projeto Colmeia Viva (site).

As abelhas s√£o pe√ßas fundamentais para a manuten√ß√£o da biodiversidade da flora e podem conviver amigavelmente com a agricultura, cada uma respeitando o seu espa√ßo e ciclo de vida. No estado de S√£o Paulo, para refor√ßar essa ideia √© que, surgiu o Projeto Colmeia Viva, uma uni√£o de esfor√ßos do setor agr√≠cola para facilitar e melhorar a conviv√™ncia entre agricultores e apicultores. (mais…)

Cobertura vegetal melhora produção de capim em consórcio

sexta-feira, abril 21st, 2017

adubacao_verde_consorcio_braquiaria_sementes_pirai_adubar

Muitos produtores devem se perguntar se existe a necessidade de adubar o capim consorciado (como a braquiária ruziziensis). Para por fim nesse questionamento o Instituto de Zootecnia (IZ), da Agência Paulista de Tecnologia do Agronegócio (Apta), localizado em Nova Odessa/SP está há mais de três anos pesquisando a respeito e os resultados já observados são satisfatórios.

As pesquisas se norteiam sobre o quanto a aplica√ß√£o de cobertura pode fazer a diferen√ßa na produ√ß√£o de forragem em √°reas de pastagens com algum n√≠vel de degrada√ß√£o. A resposta est√° no aumento de 40% na produ√ß√£o de mat√©ria seca p√≥s-desseca√ß√£o do capim. (mais…)

Alerta vermelho nos canaviais ga√ļchos

quarta-feira, abril 19th, 2017

nematoides_galha_sementes_pirai_adubar

Os nematoides j√° s√£o considerados “velhos conhecidos” das lavouras brasileiras, em especial soja e cana-de-a√ß√ļcar. Por√©m, o alerta vermelho emitido no Rio Grande do Sul chama a aten√ß√£o para um tipo espec√≠fico de nematoide, o Meloidogyne ethiopica, sendo esse o primeiro relato mundial a ser constatado em ra√≠zes da cana-de-a√ß√ļcar. (mais…)

Adubação Verde x nematoides na cultura do quiabo

sexta-feira, abril 7th, 2017
Adubação Verde é opção eficiente de controle de nematoides de galha nos quiabeiros, aponta pesquisa paulista - Imagem: Divulgação.

Adubação Verde é opção eficiente de controle de nematoides de galha nos quiabeiros, aponta pesquisa paulista РImagem: Divulgação.

Pesquisadores do IAC, da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), Polo de Andradina, e da Coordenação de Assistência Técnica Integral (CATI), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de S.Paulo (SAA) tem estudado como controlar a incidência dos nematoides de galha na cultura do quiabo. E os resultados apontam o manejo com crotalária no pré-cultivo como opção eficaz e 100% parceira do meio ambiente.

No fim do ano passado os dados preliminares da pesquisa foram divulgados, mostrando que a ado√ß√£o da t√©cnica reduz em torno de 90% a incid√™ncia do nematoide no per√≠odo de pr√©-plantio, impactando positivamente a cultura posterior da hortali√ßa. Todo o trabalho acontece no munic√≠pio de Gabriel Monteiro, 550 km distante da capital do estado. (mais…)

Oportunidade: CNPq abre vaga de pesquisa sobre agroecologia e org√Ęnicos no ES

quinta-feira, janeiro 19th, 2017
A chamada do CNPq visa melhorar o trabalho da agroecologia, do cultivo org√Ęnico e dos sistemas produtivos baseados em tais op√ß√Ķes produtivas - Imagem: Assessoria de Comunica√ß√£o/ Seag (ES).

A chamada do CNPq visa melhorar o trabalho da agroecologia, do cultivo org√Ęnico e dos sistemas produtivos baseados em tais op√ß√Ķes produtivas – Imagem: Assessoria de Comunica√ß√£o/ Seag (ES).

Nosso recado hoje √© destinado aos pesquisadores do Esp√≠rito Santo! O Conselho Nacional de Desenvolvimento Cient√≠fico e Tecnol√≥gico (CNPq) abriu, na semana passada, a Chamada MCTIC/MAPA/MEC/SAF-CASA CIVIL/CNPQ N¬ļ 21/2016. As incri√ß√Ķes poder√£o ser feitas at√© 10/03 pelo site do Conselho. Foi apresentado o investimento de mais de 10 milh√Ķes de reais em pesquisas nas √°reas de Agroecologia, Produ√ß√£o Org√Ęnica e promo√ß√£o dos Sistemas Org√Ęnicos de produ√ß√£o nas modalidades de ensino, pesquisa e extens√£o.

Atualmente, a agroecologia j√° √© realidade para 300 produtores capixabas, que possuem a certifica√ß√£o org√Ęnica. Tal tipo de produ√ß√£o √© reconhecida como boa alternativa socioprodutiva, que valoriza a cultura local e proporciona a internaliza√ß√£o do tema nas institui√ß√Ķes de pesquisa, ensino e extens√£o. (mais…)

Adubação Verde fazendo a diferença na Unesp Jaboticabal

sexta-feira, dezembro 16th, 2016

Projeto de Doa√ß√£o de Sementes para aduba√ß√£o verde possibilitou a viabiliza√ß√£o de uma das esta√ß√Ķes experimentais do V Dia de Campo – Culturas de Inverno

Profª Drª Lilian Elgalise (FZEA/USP) no campo de demonstração de aveia-preta - Imagem: Grupo PetAgro.

Profª Drª Lilian Elgalise (FZEA/USP) no campo de demonstração de aveia-preta РImagem: Grupo PetAgro.

A Sementes Pira√≠, por meio de seu Projeto de Doa√ß√£o de Sementes para aduba√ß√£o verde, auxilia as Institui√ß√Ķes de Pesquisa e Ensino para que estas possam desenvolver seus trabalhos sobre agricultura sustent√°vel, dentro do cerne da aduba√ß√£o verde e cobertura vegetal.

No caso do V Dia de Campo – Culturas de Inverno, evento realizado em 15 de outubro no c√Ęmpus da Unesp Jaboticabal – FCAV (Faculdade de Ci√™ncias Agr√°rias e Veterin√°rias – Unesp Jaboticabal), o Projeto teve contribui√ß√£o importante para a realiza√ß√£o da esta√ß√£o experimental do evento sobre aduba√ß√£o verde, manejo e cobertura de solo.

Conversamos com Leonardo Bernache, um dos integrantes do grupo PetAgro (realizador do evento) para conhecer melhor o trabalho desenvolvido: (mais…)

Outlook Fiesp 2026: proje√ß√Ķes para o agroneg√≥cio brasileiro!

quinta-feira, dezembro 15th, 2016
outlookfiesp

Imagem: Outlook Fiesp 2026.

A Fiesp lan√ßou recentemente um documento completo sobre o futuro do agroneg√≥cio brasileiro. Ap√≥s um per√≠odo conturbado no cen√°rio pol√≠tico-econ√īmico do pa√≠s a certeza √© uma s√≥: ainda que o setor sentisse o impacto da situa√ß√£o pela qual o pa√≠s passava, seu crescimento n√£o deixou de existir e a classe foi a primeira a enxergar a luz no fim do t√ļnel, retomando a expectativa e a confian√ßa.

O √≠ndice de confian√ßa do agroneg√≥cio (ICAgro) registrou alta consider√°vel no terceiro trimestre deste ano, alcan√ßando 106,3 pontos, o que representou aumento de pouco mais de 4% quando comparado ao segundo trimestre, reafirmando as boas perspectivas que o setor tem para os pr√≥ximos per√≠odos. Outro ponto importante est√° na recupera√ß√£o de renda nas culturas de cana, caf√© e laranja, ajudada pela valoriza√ß√£o do real¬† e o aumento do pre√ßo em d√≥lar dessas commodities. (mais…)

Recuperando pastagens degradadas com Feij√£o-guandu!

terça-feira, dezembro 13th, 2016

guandu_recuperacaodepastagens_sementespirai

Pesquisadores da Embrapa Pecu√°ria Sudeste ao se depararem com o cen√°rio de degrada√ß√£o da braqui√°ria em solo arenoso e com infesta√ß√£o de grama batatais e outras ervas daninhas precisaram colocar as ideias pra pensar e estimar uma a√ß√£o que revertesse essa situa√ß√£o e devolvesse ao solo as melhores condi√ß√Ķes para uma pastagem. A alternativa encontrada foi consorciar com o Feij√£o-guandu!

Dois anos ap√≥s essa a√ß√£o, os resultados alcan√ßados foram: lota√ß√£o m√©dia de 3,4 novilhas/ha e ganho de peso m√©dio di√°rio de 429 g/animal. Al√©m dos resultados diretos, a pesquisadora Patr√≠cia Anch√£o destacou outros benef√≠cios no emprego da leguminosa em cons√≥rcio, como a dispensa de fertilizantes nitrogenados, uma vez que o Guandu √© um adubo verde √≥timo em fixa√ß√£o de N2. (mais…)

Org√Ęnicos: novas tecnologias vem por a√≠!

quinta-feira, dezembro 1st, 2016
As fichas agroecol√≥gicas s√£o mais um est√≠mulo ao crescimento da produ√ß√£o org√Ęnica no pa√≠s - Imagem: Divulga√ß√£o.

As fichas agroecol√≥gicas s√£o mais um est√≠mulo ao crescimento da produ√ß√£o org√Ęnica no pa√≠s – Imagem: Divulga√ß√£o.

O Minist√©rio da Agricultura, Pecu√°ria e Abastecimento divulgou um documento que apresenta as tecnologias mais adequadas para o cultivo org√Ęnico. Nomeado de Fichas Agroecol√≥gicas: Tecnologias Apropriadas para a Produ√ß√£o Org√Ęnica, o documento teve tiragem inicial de 5.000 exemplares, que est√£o sendo distribu√≠dos desde o √ļltimo dia 22 para n√ļcleos de agroecologia, universidades e para projetos de extens√£o.

O documento cont√©m informa√ß√Ķes sobre manejo de solo, manejo das plantas, preparo de insumos para controle sanit√°rio animal e vegetal, aduba√ß√£o verde, dentre outras tecnologias prop√≠cias a esse tipo de cultivo. Todo o material foi constru√≠do visando facilitar a dissemina√ß√£o e a compreens√£o dos agricultores, com uma linguagem did√°tica e que promova, diretamente e indiretamente, a amplia√ß√£o de produ√ß√Ķes org√Ęnicas pelo pa√≠s. (mais…)

Algod√£o: como aumentar sua produtividade?

terça-feira, novembro 29th, 2016
Campo de pesquisa da Embrapa, localizado na - Imagem: Fabiano Perina/Portal DBO.

Campo de pesquisa da Embrapa, localizado no campo experimental da Fundação Bahia РImagem: Fabiano Perina/Portal DBO.

Uma pesquisa da Embrapa, que está sendo realizada no campo experimental da Fundação Bahia, está comprovando que o uso de plantas de cobertura pode elevar a produtividade do algodoeiro em até 30% em comparação ao sistema tradicional de cultivo, a monocultura. O estudo quer demonstrar os benefícios das plantas de cobertura na melhoria dos atributos físicos e químicos do solo, o que resulta em melhor aproveitamento da água e maior produtividade da fibra para a cultura comercial.

J√ļlio Bogiani, respons√°vel pela condu√ß√£o da pesquisa, ressalta os benef√≠cios das plantas de cobertura para a conserva√ß√£o do solo e da √°gua, mantendo a produ√ß√£o superior, mesmo em condi√ß√Ķes adversas. A regi√£o Oeste da Bahia, segundo o pesquisador, vem sofrendo ao longo dos √ļltimos anos com os veranicos prolongados, o que est√° ocasionando a perda de produtividade das lavouras de algod√£o. (mais…)